Equipes remotas, valores compartilhados

Read Time: 6 minutes

Doodle Logo

Doodle Content Team

Updated: 21 de jun. de 2023

work-home-woman

O trabalho remoto não é um tema novo hoje em dia: todos sabem o que é e, se facilitado corretamente, que realmente funciona. A Instagram vem nos dizendo há anos que se pode fazer seu trabalho a partir da praia.

E que tal fazer com que todos, inclusive os amantes remotos da praia, se sintam parte da empresa? Que tal fazer com que sua equipe se sinta realmente como uma equipe quando não compartilha um espaço de escritório, café ou cervejas? As respostas variam, mas três princípios servem como um bom começo: estabelecer os valores certos, obter as pessoas certas e fazer um esforço consciente para mantê-las engajadas.

Visão compartilhada, motivação compartilhada

"As pessoas não compram o que você faz; elas compram porque você o faz. E o que você faz simplesmente prova o que você acredita" diz Simon Sinek, um consultor organizacional, um autor, e um popular palestrante do TED Talk. Se você consegue articular por que sua empresa existe, por que você sai da cama todas as manhãs e por que o resto de sua equipe deve se importar, você está no caminho certo, de acordo com Sinek.

Sem a visão compartilhada, Sinek explica, é um desafio, se não impossível, manter uma equipe feliz unida: "Grandes empresas não contratam pessoas qualificadas e as motivam, elas contratam pessoas já motivadas e as inspiram. <...> A menos que você dê às pessoas motivadas algo em que acreditar, algo maior do que seu trabalho para trabalhar, elas se motivarão para encontrar um novo emprego e você ficará preso a quem quer que seja que sobra".

O que Stephen Covey convida as empresas a fazer em seu best-seller Os Sete Hábitos de Pessoas Altamente Eficazes complementa muito bem as idéias de Sinek. No livro de Covey, ele nos convida a escrever nossa declaração de missão pessoal e, curiosamente, estende este convite às empresas. Assim como as pessoas precisam de seus princípios norteadores, as organizações também devem desenvolver sua declaração de missão com base em valores compartilhados. E quanto mais participativo for o desenvolvimento desta declaração de missão, mais os funcionários provavelmente aderirão a estes valores e os promoverão. A declaração de missão é como um farol pelo qual todos os funcionários - de seus sofás remotos, mesas ou redes - serão capazes de se orientar.



Valores são como botões: eles mantêm as coisas juntas

Não apenas uma visão compartilhada é importante, mas também crucial: isto é o que dizem consultores, autores e pesquisadores. É possível ter um grupo de pessoas não engajadas trabalhando juntas? Sim. Existe uma diferença incrível quando esse grupo é todo entusiasmado e engajado? Definitivamente.

No mesmo livro, Covey fala sobre a qualidade pessoal de ser proativo: ser capaz de escolher nossa resposta às nossas circunstâncias. "A diferença entre pessoas que exercem iniciativa e aquelas que não o fazem é literalmente a diferença entre a noite e o dia. Não estou falando de uma diferença de 25 a 50% na eficácia; estou falando de uma diferença de mais de 5.000%, particularmente se forem inteligentes, conscientes e sensíveis aos outros".

Estabelecer os valores corretos e comunicá-los claramente dentro de equipes remotas pode fazer milagres. Em nossa próxima peça, veremos como vários princípios de liderança que estabelecem uma determinada estratégia de comunicação podem tornar esses milagres sustentáveis.

Related content

SUS_Hero

Scheduling

Folhas de registro: Simplificando a coordenação de eventos

by Purnima Kumar

Read Article
two people smiling

Scheduling

7 dicas para programar avaliações de desempenho mais eficazes

by Franchesca Tan

Read Article
Group Planning

Scheduling

A melhor maneira de programar o tempo para o trabalho em rede

by Franchesca Tan

Read Article

Solve the scheduling equation with Doodle